Reportagem sobre “Os últimos guerrilheiros”

Amigos,

O projeto “Os últimos guerrilheiros” foi objeto de uma excelente reportagem no site Extra Classe, feita pelo amigo e jornalista Gilson Camargo. Agradeço se puderem ler e compartilhar. Para ler no site, basta clicar aqui.

 

 

Os últimos guerrilheiros

Por Gilson Camargo

Os últimos guerrilheiros

A Revolução Cubana, ocorrida em 1959, influenciou o surgimento de jovens guerrilheiros

Memorial da Democracia

A trajetória de guerrilheiros que lutaram contra a ditadura militar na América Latina durante quase três décadas no período pós-guerra fria – quando os Estados Unidos financiaram de forma sistemática golpes de Estado no continente para impedir a ascensão de governos socialistas – será reconstituída em livro-reportagem que o jornalista Carlos Alberto Jr., 47 anos, está produzindo desde meados deste ano. O combate às ditaduras no Cone Sul era organizado pela Junta Coordenadora Revolucionária (JCR), uma aliança entre grupos guerrilheiros de esquerda sul-americanos para financiar e organizar operações conjuntas do Movimiento de Izquierda Revolucionaria (MIR), do Chile; o Ejército Revolucionario del Pueblo (ERP), da Argentina; o Ejército de Liberación Nacional (ELN), da Bolívia; e o Movimiento de Liberación Nacional-Tupamaros (MLN-T), do Uruguai. Os grupos foram dizimados pelas ditaduras e seus integrantes presos, torturados e mortos.